Ana Frank


 

Este documentário “Mulher que Representam" foi realizado para erradicar a violência contra a mulher,  falar sobre a lei Maria da Penha e a importância da representação em um BO.

 

 

O assassinato de uma comerciária em um shopping de Brasília, dia 28/02 apenas uma semana do Dia Internacional da Mulher deixa evidente que o fim da violência contra a mulher ainda está longe de ser superado. 

Fernanda Grasielly Almeida Alves teria sido morta a facadas, pelo ex-companheiro, enquanto trabalhava numa das lojas do Terraço Shopping, no Cruzeiro. O homem atingiu o pescoço da vendedora e fugiu, mas foi contido por seguranças e acabou preso. Ele foi levado para a 3ª Delegacia de Polícia.

92 mil mulheres assassinadas

Segundo o Mapa da Violência, publicado em 2012, pelo Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americano, mais de 92 mil mulheres foram assassinadas no País entre os anos de 1980 e 2010. Durante o período, o número de homicídios femininos cresceu mais de três vezes, saltando de 1.353 casos para 4.465 registros.

Em 2011, o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde, registrou 70.270 atendimentos a mulheres vítimas da violência. A maioria delas tinha entre 15 e 29 anos e foi agredida por maridos ou namorados.

Tolerância à violência contra a Mulher, vamos dar um Basta!

 




Escrito por Ana Frank às 08h15 PM
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, INTERLAGOS, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Arte e cultura, Animais, Livros/Musica
Outro -
Histórico
Outros sites
  RETOME A TECNOLOGIA
  Mulheres softwarelivre
  Feminismo
  Mais mulheres no poder
  Secretaria de Politica Mulher SPM
  Catolicas pelo direito de decidir
  Observatorio da Mulher
  Patricia Galvão
  Promotoras PLP
  SOF
  Stop Rape Now!
  
Votação
  Dê uma nota para meu blog